3.12.08

Esta história da salvação do BPP é mesmo tão má quanto parece

.
Se se confirmar que a operação orquestrada pelo Banco de Portugal carece de efectivo suporte legal, o governo ainda estará a tempo de se des-solidarizar dela.

Seria muito grave que entrássemos em 2009 - ano em que decerto necessitaremos de uma intervenção decidida, persistente e consistente dos poderes públicos na esfera económica - com um executivo estupidamente fragilizado por uma iniciativa tão injustificável quanto injusta.
.

1 comentário:

GL disse...

Onde é que está a oposição quando finalmente se precisa dela?