21.12.08

Ideológo desempregado oferece os seus préstimos à esquerda

.
"Porque se levarmos a sério o que Manuel Alegre está a dizer - eu tomo-o a sério, mas não sei se ele se toma a si próprio -, o que ele anda a dizer é que é necessário criar uma nova força política para as próximas eleições que funcione para pressionar o PS pela esquerda. E a melhor forma é enfiar no Parlamento meia dúzia de deputados em conjunto com o Bloco que obrigam o PS, à falta de maioria absoluta, a coligar-se com eles."

Pacheco Pereira no Público de hoje.
.

2 comentários:

Anónimo disse...

Não é por nada mas acho que andas a ficar esquisito.
Agora deste em propagandear o que diz Pacheco.

AABarroso disse...

É o "Rasputine da Marmeleira" a exultar com essa estratégia que afugentaria muitos votos mais conservadores de Sócrates para a sua infeliz e desvalida imperatriz. O místico Monge já não sabe o que fazer para se safar e os fracassos são tantos que até teve de engulir o Santana Lopes