9.12.08

É isso mesmo

Escreve Eduardo Pitta:
"A realidade não se confunde com a opinião publicada ou com campanhas corporativas de agit-prop. O espanto com as sondagens apenas prova que muita gente vive na lua."

4 comentários:

oscar carvalho disse...

Ontem num debate televisivo, um professor insurgia-se contra o sistema de quotas. E claro mostrava a sua total ignorância sobre o que é um sistema de avaliação de desempenho. Tal como muitas outras profissões com fortes sentimentos corporativos, (exemplo os médicos), acham que tudo que se relaciona com a sua profissão deve ser tratado internamente, desvalorizando competências que vêm do exterior. A avaliação de desempenho é um saber específico de quem trata de recursos humanos aplicável quer a soldadores, quer a controladores de tráfego aéreo, quer a professores. Podemos discutir sistemas, quotas, objectivos, o que quiserem, mas dizer que no "caso dos professores, o sistema de quotas não deve ser aplicado, porque o que queremos é ter "todos os professores excelentes e não apenas 5%" é ser ignorante.
O que me choca é que o ensino das crianças deste país está nas mão desta gente de espírito tacanho.

GL disse...

Vivem ensimesmados com as suas idiosincrasias. É o que dá ler só o Público ou assistir a esses telejornais. Depois ficam a imaginar cenários líricos.

GL disse...

Levarão com uma maioria nas trombas, para ver como é que é.

MFerrer disse...

O JPC não podia fazer uma síntese mais correcta. Isso é uma coisa que me faz particularmente invejoso.
Mas o que sublinho na concordância com o que diz Óscar Carvalho é a ignorância que ressalta das posições anti ECD e AdD, exactamente quanto aos benefícios de uma avaliação permanente e COM CONSEQUÊNCIAS!.
Já alguém explicou aos srs professores o que é uma carreira profissional por exemplo, de um investigador, de um piloto de aviação e de um frezador?
Têm no entanto uma atenuante: Foram a Fátima ontem pedir o beneplácito de uma das responsáveis pelo atraso nacional, durante muitos séculos!
Cumprimentos a ambos!
MFerrer