17.12.08

Uma hipótese

.
É estranho que, num país enamorado pela politiquice ainda ninguém tenha considerado a hipótese de a agitação exibida por Alegre nos últimos anos poder ser satisfeita pela simples atribuição de mais alguns lugares aos seus seguidores no grupo parlamentar e em uma ou outra autarquia chave.

É mais ou menos assim que, em Portugal, se faz política partidária, sabiam? E oh se Alegre percebe diso!
.

1 comentário:

ABarroso disse...

Com toda a franqueza, não imaginaria que o impoluto M.A., guardião da coerência da verdadeira esquerda, deitasse mão desses "argumentos". Mas não gosto do senhor, da sua arrogância e do reizinho que tem na barriga. Este seu post originou outro, de minha lavra, no meu blogue dar-a-tramela cujo teor não lhe remeti por dificuldade em obter o seu e-mail.Talvez de forma por vezes primária, farto-me de lhe dar bicadas.